18 de dez de 2015

TAG: 15 coisas legais que aconteceram em 2015

author photo
Tá, eu sei que hoje não era dia de post nem nada, mas a Bruna Vieira lançou uma TAG bem bacana e eu não resisti, tive que fazê-la. Isso por uma única razão: esse não foi um ano muito legal pra mim, e eu topei esse desafio justamente pra mostrar que sempre podemos encontrar algo de bom nas coisas ruins, seja aprendizados ou consequências positivas... Então vamos lá!

1 - Aprendi que "eu me basto"

Sabe quando as pessoas falam que "só se aprende a dar valor quando perde", " é caindo que se aprende", entre outras frases? basicamente aconteceu algo do tipo comigo kkk. Eu passei muito tempo da minha vida acreditando que, pra eu ser feliz eu precisava de outra pessoa ao meu lado, seja amigo, namorado...e sempre quando eu perdia alguma dessas pessoas eu ficava desesperada, como se eu fosse morrer amanhã por isso. Pois bem, esse ano eu me vi completamente sozinha, sem ninguém que eu pudesse conversar ou me curar dos meus medos... e sabe de uma coisa? EU NÃO MORRI! Eu descobri que eu mesma posso solucionar os meus problemas, tomar decisões, ser feliz. E claro, não estou falando que temos que virar ilhas, nada disso. É importante sim ter amizades, amores, mas não podemos nos esquecer, nos tornar dependentes dessas pessoas que infelizmente podem não nos dar o mesmo grau de importância que damos a elas.

2 - Percebi o valor da família

E é sempre nessas horas difíceis que sempre temos um grupinho que vai nos ajudar sem fazer julgamentos, buscando sempre o melhor pra gente. De quem eu estou falando? Da família! Foi ela que me fez seguir em frente mesmo eu achando que nada mais tinha jeito. Me sacudiram e falaram "Eeeei, o que você está fazendo? viva a sua vida! não desista". E é engraçado que, quando você fica mal, eles ficam também, e ninguém gosta de ver quem se ama sofrendo, né?

3 - Socializei mais

Eu nunca fui uma pessoa boa em me expressar oralmente, sempre preferi (e ainda prefiro) a escrita, pois ela me dá uma maior segurança, já que posso apagar e reescrever sempre que quiser, e me sinto mais confortável e livre nesse mundinho!
Por não conhecermos certas pessoas direito, acabamos por tirar impressões erradas e fazer julgamentos absurdos, e quando finalmente temos contato com ela, percebemos que estávamos totalmente equivocados. Eu acabei experimentando os dois lados, e me arrependo muito de não ter me aberto mais, mostrado quem eu sou de verdade. Claro que de primeira pode causar estranhamento uma menina que só ficava quieta no fundo da sala do nada começar a dar gargalhadas pra escola inteira ouvir. Isso se resolve com o costume, pra ambos os lados.

4 - Foquei nos estudos

Nunca repeti de ano (ainda bem), no máximo fiz final em algumas matérias kkkk. Mas eu acabei ficando um pouco dispersa nos anos anteriores, e esse ano eu resolvi mudar. Na minha cabeça eu não me esforcei o bastante estudando em casa, mas deixei o celular de lado durante as aulas e depositei minha atenção nas matérias. Resultado: fiquei como uma das melhores alunas da sala, ui!

5- Mudei minha aparência

Na verdade isso é algo que eu sempre faço. Esse ano eu resolvi deixar meu cabelo natural crescer. Ainda existe um pouco (talvez muito) do loiro acinzentado que agora é amarelado. Parei de passar tanta maquiagem, até porque não saio muito de casa, e pra quem não curtia ficar "in nature", eu acho que estou bem mais bonita assim.

6 - Cuidei mais de mim mesma

Esse ano eu resolvi dar mais valor ao meu corpo. Fui em uma nutricionista e estou cuidando da minha pele, estou tentando ganhar peso e até comecei a fazer atividades físicas de vez em nunca, mas pretendo intensificar, principalmente no ano que vem. Recentemente descobri que tenho gastrite, então cuidado em dobro com a alimentação!

7- Fui à capital e vi o mar pela primeira vez

Eu sempre sonhei em ver o mar, achava que seria maravilhoso ver aquela imensidão de água e a linha do horizonte, e foi mesmo. Salvador é uma cidade tão linda, tão viva, até com as favelas eu me encantei, juro! Eu andei de escada rolante pela primeira vez, e foi muito divertido kkkk. E descobri que tenho medo de elevadores. Pra mim o mais incrível foi ver o farol da barra, aquele lugar é simplesmente mágico, se eu pudesse eu ficaria ali pra sempre.



8 - Criei o blog

Juro que foi pura coincidência o melhor acontecimento cair justo no tópico 8, que é meu número da sorte. O blog foi a minha válvula de escape para os problemas que eu estava enfrentando, ele foi e ainda é o motivo maior de eu criar forças para continuar com os meus sonhos, o próprio aliás é o maior de todos. Eu realmente espero que ele cresça e se torne o  maior projeto da minha vida. Ainda tenho medo de que algo aconteça e eu tenha que abandonar o blog, mas de qualquer forma eu nunca irei fazer isso, como eu fiz com os anteriores. Lutarei com unhas e dentes para que esse sonho nunca morra. 

9 - Descobri que gosto de cozinhar

Vamos dizer que eu tenho uma pequena frescura para comer comidas frias ou requentadas (na verdade me dá soluço, o que incomoda muito). Então resolvi que quem faria a minha própria janta seria eu mesma. E não é que eu peguei gosto pra coisa? Eu já tenho várias receitas na cabeça para fazer... Quem sabe eu não entre para o próximo Master Chef? haha!

10 - Parei de ser tão "preconceituosa"

Passei muito tempo cultivando a mentalidade de que eu só poderia gostar de um estilo musical, usar somente um tipo de roupa, enfim, ser escrava dos "rótulos". Esse ano eu refleti e vi que eu não preciso me privar de gostar ou conhecer algo novo por medo do que as pessoas vão pensar disso. Temos que agradar somente a nós mesmos, ter nosso estilo próprio, e principalmente, sermos felizes com quem nós somos.

11 - Voltei a ler livros, assistir séries e filmes

Resolvi deixar a preguiça e as desculpas de lado e assistir as séries que eu tanto queria, The Walking Dead, Game of Thrones... Achei vários livros bacanas aqui em casa, e comprei um na minha viagem, e estou baixando vários filmes pra assistir na madrugada. Por isso espero que em 2016 eu consiga trazer resenhas desses assuntos pro blog também!

12 - Viciei no Youtube

Vocês já repararam de como o Youtube é incrível? Você pode assistir vídeos sobre os assuntos que você quiser, quando quiser, e sem pagar nada a mais por isso! Eu simplesmente dediquei os tempos de folga desse ano e essas férias para assistir séries de jogos, descobrir músicas novas, estudar... Tudo por lá.

13 - Aprendi a ser responsável

O blog foi de grande ajuda nessa parte.Aprendi a me empenhar mais no que eu quero, que se deve saber a hora de brincar e a hora de agir com seriedade, impor direitos e cumprir deveres. Acho que isso é um sinal de que eu esteja deixando a puberdade hahaha! 

14 - Me formei no colégio

Isso mesmo, concluí o 3º ano do ensino médio. Fico feliz de ter conseguido e não ter repetido nenhuma vez. Mas de qualquer forma continuarei estudando em casa, só que agora sem pessoas peidando ou jogando bolinhas de papel em mim.

15 - Ganhei novas amizades e intensifiquei as que já tinha

Acho que não fiz tantas amizades novas, mas em compensação eu comecei a ter mais contato com pessoas que eu quase não falava, e isso é muito bom porque eu acabei conhecendo lados e características delas que eu desconhecia.

Vou desafiar o Andy, o canal NãoSomosObrigados e também você que está lendo isso agora. Se tiver um blog ou canal, poste lá e me conte para eu ler, e caso não tenha, pode deixar aqui nos comentários que eu lerei com o maior prazer do mundo.

Foi uma experiência boa fazer essa retrospectiva do meu ano e perceber que a vida é feita de coisas boas e coisas não tão boas assim, e somente a gente pode escolher o que queremos que prevaleça.
Eu escolhi as coisas boas.




Proxima Proxima
Anterior Anterior